domingo, 26 de junho de 2011

Agora, sou apenas meu...



Trinta e sete graus, dois corpos, um desejo...
Vens de passos contados, olhos fixos, e falas-me em tons simétricos de jeitos elegantes e sedutores. A temperatura aumenta. Vais-te aproximando, tocando-me de forma sublime, segredando-me coisas tuas ao ouvido. A temperatura aumenta. Pensamentos sugestivos, bocas apetecíveis, línguas húmidas. A temperatura aumenta. Levas-me para o teu refúgio, perdes a delicadeza e atiras-me para cima da cama. A temperatura aumenta. Desapertas tudo o que é botões. A temperatura aumenta. Tocas-me, sentes-me molhado e despes-me as calças calmamente, provocando-me tensão. A temperatura aumenta. Deslizas a tua boca por mim, saboreando-me. A temperatura aumenta. Dispo-te e descubro cada traço teu. A temperatura aumenta. Aperto-te junto a mim e levanto-te a perna. A temperatura aumenta. Deslizo a minha mão pela tua barriga. A temperatura aumenta. Corpos tensos, movimentos ritmados, cinturas firmes. A temperatura aumenta. Corpos suados, peles vermelhas, despejo de fluídos.
Quarenta graus, duas cervejas, uma satisfação...

10 comentários:

  1. Gosto da forma como escreves... E a música ficou perfeita :)

    ResponderEliminar
  2. Juro-te que fiquei excitada xD

    Beijinho, Liliana* :)

    ResponderEliminar
  3. Porque é que te imaginei um latino a fazer coisas obscenas á rapariga da foto? xD
    Tambem gosto muito de Gotan Project, ficou perfeito no texto :)

    ResponderEliminar
  4. O.o Uowww!!
    A temperatura ' aumentou' aqui também!
    xD

    ResponderEliminar
  5. Só obscenidades, pagão! :p

    Mas faz tão bem à saúde, né?

    obrigada pelo elogio! :)

    http://myfashioninsider.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  6. Também gosto de Gotan Project, e acho que essa música é bastante adequada ao acto...

    ResponderEliminar