quinta-feira, 21 de abril de 2011

O coração rompe-se, o sorriso renasce

Há largos tempos que penso nisto.
Poderia simplesmente deixar de escrever neste meu espaço; abandona-lo, a ele e a vós meus Guardiões. Mas seria uma atitude rude da minha parte se não vos agradecesse por me terem acompanhado e aconchegado, e por nunca terem deixado nenhum dos meus textos desamparado.
Por alguns tempos continuei a escrever-vos mesmo achando que já não fazia sentido continuar. "As famílias não se abandonam!" - pensava eu. E por ainda pensar assim não vos abandonarei, sempre que tiver oportunidade visitar-vos-ei às vossas casas, e mesmo que não me vejam não se preocupem; eu não desapareci, apenas estarei no meu casulo.
Talvez um dia o blog Um Pagão renasça, talvez um dia eu vos traga textos bons de se sentir, como este, que me faz sorrir. Mas por agora estou feliz pela minha decisão, e espero que também fiquem felizes por mim. Não é um fim, é um recomeço.
Nada morre, tudo se transforma.

Um Pagão  
P.S. Deixo-vos com "Le Fabuleux Destin d'Amélie Poulain" (um apaixonante filme) - poderão ver aqui.

13 comentários:

  1. Pelas dúvidas que já surgiram eu explico-me melhor.
    Eu preciso de me desprender deste blog. Pelo menos por agora.
    Talvez o blog Um Pagão renasça daqui a uns tempos, mas por agora tenho de me soltar dele, preciso recolher-me no meu casulo e voltar a renascer.
    Este blog sempre foi para uma pessoa, uma pessoa que agora já nao existe. Apenas existe o seu físico, a sua essencia alterou-se. De quando a quando reaparece e olha-me meio escondida, mas depois volta a desaparecer e a dar lugar a uma pessoa que nao conheço.
    Acho que chegou a altura de me desprender desse fantasma. Já se passaram 4 meses e não quero que se passem mais 4 e eu continue assim.
    Mas eu estou feliz por mim, desta vez tive coragem de me desprender. Tenho medo, é claro. E talvez passarei por uma fase má, mas num futuro não muito longiquo, espero, estarei bem. E olharei para tudo isto como uma boa fase de aprendizagem na minha vida.

    ResponderEliminar
  2. sendo assim eu fico feliz! :D
    mas espero que voltes depressa como novo!

    ResponderEliminar
  3. Caríssimo,
    se voce ler meu blog, verá diveras fases de minha vida: a luta contra um câncer, a luta contra outro cancer talvez ate pior, a desilusão amorosa.
    Hoje, igualmente como tu, estou livre das amarras das lembranças e entendi que as coisas ocorrem porque permitimos que ocorram, e ao mesmo tempo é necessário para que eu cresça emocional e espiritualmente falando.
    Ademais, expor ou expurgar os amargores em palavras e imagens, faz muito bem à alma dorida.
    Retirar-se é sábio, quando se esta realmente forte. Tenho comigo que, quanto mais encaro a ' dor', mais força contra ela encontro dentro de mim.
    Continue com o blog, dando nova roupagem à ele, virando páginas...
    Esse sim é o melhor caminho: segui-lo, mesmo se for a andar entre pedras!
    abraços meu amigo...

    adicionadissimo no msn, ok?

    aparece por lá.. ;)

    lukhas stein.

    ResponderEliminar
  4. Que o renascimento seja para breve, então!
    Talvez só regresse ao Castelo de Asgard no próximo encontro pagão. Recebes a newsletter, presumo..?

    Abraço

    ResponderEliminar
  5. Gostei do teu blog, e sigo.
    Já agora, tenho um desafio no meu: http://lucianapacifico.blogspot.com/2011/04/selo-oficial-just-smile.html

    ResponderEliminar
  6. desprende do blog, e de tudo o que há nele, se já o encaras como uma fase, optimo. ^^

    mas não desprendas da escrita meu caro Pagão, eu cá espero pelo recomeço :)

    ResponderEliminar
  7. se tens que te desprender, fá-lo. mas não renuncies à tua essência.
    do mesmo modo, não temas apegar-te ao Um Pagão, porque ele é uma extensão do que és. Pelo menos vejo estes cantos assim.

    Se um dia renasceres, estaremos cá para ver o regresso.

    com pecado,
    Psycoo de La Cole

    ResponderEliminar
  8. Estou triste por nos deixares sem palavras tuas....mas estou contente pela razao p)ela qual vais deixar de o fazer, pelo menos por uns tempos!! Contente, direi, pela forma como encaraste as coisas...estou orgulhoso de ti meu Pagao :D Força

    ResponderEliminar
  9. tu brilhas até ao ler-te :)
    vai e volta. troca apenas de linha porque esta já está muito cheia.

    beijo grande, espero-te do outro lado *

    ResponderEliminar
  10. És uma das minhas sugestões de leitura no meu blog ;)

    ResponderEliminar
  11. Esperarei ansiosa, são coisas muito belas que escreve. Como eu já disse uma vez, na dor também há bastante de beleza.

    Que renasça e não se preocupe em ser breve, que seja ao seu tempo para que seja completo.

    Beijos mágicos :)

    ResponderEliminar