domingo, 27 de março de 2011

Sonhos reias




"Pegou nas minhas mãos (coisa que já não fazia há muito tempo, uns 3 dias...) e ficamos muito perto um do outro, tão perto que deve ter sentido os meus joelhos tremules, e abraçou-me... 
As vezes a paixão invade-me como antes."


Um segredo do interior de Um Pagão.

6 comentários:

  1. Lindissimo.
    Vais ver que há-de acontecer muitas mais vezes. :)

    ResponderEliminar
  2. O lago ocupa um espaço limitado. Quando recebe água demais, transborda. Por isso deve-se pôr limites à água.
    O lago é limitado, a água, inesgotável. O lago só pode conter uma parcela restrita da quântidade indefinida de água existente no mundo. Nisso consiste a sua particularidade. Do mesmo modo a vida humana adquire um significado quando o homem exerce um discernimento seletivo e estabelece limites na sua própria vida.

    A leitura de Um Amigo.

    ResponderEliminar